Agronegócio

Projeto de lei bipartidário nos EUA visa expandir vendas de etanol, após decisão judicial

Reuters
Reuters
Projeto de lei bipartidário nos EUA visa expandir vendas de etanol, após decisão judicial
Plantação de milho e produção de etanol

14 de julho de 2021 - 16:57 - Atualizado em 14 de julho de 2021 - 17:00

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) – Um grupo bipartidário de senadores dos Estados Unidos apresentou, nesta quarta-feira, uma legislação que busca aumentar o acesso à gasolina com maior mistura de etanol, após decisão judicial recente derrubar uma lei da época do ex-presidente Donald Trump que permitia a expansão de vendas do combustível.

A legislação é uma tentativa de impulsionar a demanda de etanol baseado no milho e injetar certezas no mercado, que foi atingido pela decisão judicial. O projeto de lei prevê estender uma isenção que permitiria vendas durante todo o ano com uma mistura de 15% de etanol, conhecida como E15.

A Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) estendeu uma isenção similar em 2018. Entretanto, o Tribunal de Apelações dos EUA para o Circuito do Distrito de Columbia decidiu no início de julho que a EPA excedeu sua autoridade ao suspender as restrições de vendas do E15 durante o verão.

Os senadores Deb Fischer, republicana de Nebraska, e Amy Klobuchar, democrata de Minnesota, lideraram o grupo de legisladores que apresentou o projeto na quarta-feira.

Separadamente, na Câmara, Angie Craig, democrata que representa Minnesota, e Adrian Smith, republicano que representa Nebraska, também apresentaram projeto de lei esta semana que iria garantir que a EPA pudesse conceder isenções permitindo vendas da mistura durante todo o ano.

“A decisão recente do Tribunal de Circuito de DC foi um grande golpe aos agricultores e produtores de etanol e destacou mais ainda a necessidade de fornecer mais certezas”, disse Fischer em um comunicado.

(Reportagem de Stephanie Kelly)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6D18F-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.