Agronegócio

Processamento de soja na Argentina atinge maior nível em 6 anos em abril

Reuters
Reuters

8 de junho de 2021 - 17:34 - Atualizado em 8 de junho de 2021 - 17:35

BUENOS AIRES (Reuters) – O esmagamento de soja na Argentina atingiu uma máxima de seis anos em abril, quando o processamento atingiu 4,2 milhões de toneladas, graças às amplas vendas por produtores em meio a preços elevados, disse a câmara de processadores CIARA-CEC em relatório divulgado nesta terça-feira.

A Argentina é a maior exportadora global de farelo de soja, produto utilizado como ração para suínos e aves. O esmagamento de soja em abril foi o segundo maior da história para um único mês, segundo a CIARA-CEC.

No primeiro trimestre, a Argentina processou 13,7 milhões de toneladas da commodity em farelo ou óleo de soja, de acordo com a entidade.

“O fator que motivou os produtores a vender mais soja foi a melhora no preço”, disse a câmara.

A oleaginosa tem sido negociada na bolsa de grãos de Rosario a cerca de 31.700 pesos (330 dólares) por tonelada.

(Maximilian Heath)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.