Agronegócio

Preços sobem com visão otimista sobre demanda compensando temor por Covid

Reuters
Reuters

29 de abril de 2021 - 08:09 - Atualizado em 29 de abril de 2021 - 08:09

Por Bozorgmehr Sharafedin

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo ampliavam os ganhos nesta quinta-feira, depois de terem subido 1% na sessão anterior, à medida que projeções otimistas de recuperação da demanda pesaram mais que preocupações com os casos de Covid-19 em alta no Brasil, na Índia e no Japão.

O petróleo Brent subia 0,98 dólar, ou 1,46%, a 68,25 dólares por barril, às 8:08 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,91 dólar, ou 1,42%, a 64,77 dólares por barril.

É o terceiro dia seguido de alta para ambos os contratos.

“O desempenho dos últimos dias demonstra a fé inabalável do mercado na saúde da economia e na recuperação da demanda”, disse Tamas Varga, analista da corretora PVM Oil.

“Isso também sugere que o pesadelo perigoso e devastador que da Covid-19 que envolve Índia, Japão e Turquia, entre outros, não teria um impacto duradouro sobre a expansão econômica.”

Enquanto isso, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, conhecidos em conjunto como aliança Opep+, mantiveram nesta semana seus planos de gradual alívio em cortes de produção entre maio e julho.

A Opep+ espera que os estoques globais atinjam 2,95 bilhões de barris em julho, abaixo da média vista entre 2015 e 2019.

“Um olhar de perto sobre o estado dos estoques globais de petróleo sugere que o mercado pode estar mais próximo do ponto de reequilíbrio do que a Opep+ poderia pensar”, disseram analistas do Citi, acrescentando que o mercado já absorveu a maior parte do excesso de petróleo armazenado, embora os de produtos refinados estejam relativamente altos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.