Agronegócio

Preços do petróleo têm máxima de vários anos na 3ª semana de ganhos com alta da demanda

Reuters
Reuters

11 de junho de 2021 - 17:33 - Atualizado em 11 de junho de 2021 - 17:35

Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo atingiram nova máxima de vários anos nesta sexta-feira, fechando em uma terceira semana consecutiva de ganhos, em um cenário de melhoria da demanda mundial, com o avanço da vacinação de Covid-19 ajudando a frear a pandemia.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em 72,69 dólares o barril, alta de 0,17 dólar, após atingir a máxima desde maio de 2019. Essa semana o Brent obteve alta de 1%.

Os futuros do petróleo dos EUA (WTI) fecharam em 70,91 dólares o barril, alta de 0,62 dólar, após atingir a máxima desde outubro de 2018. O WTI acumulou alta de 1,9% na semana.

“A demanda está voltando mais rápido que a oferta e nós vamos precisar de mais oferta para equivaler a demanda” afirmou Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group de Chicago.

A Agência Internacional de Energia (IEA, na siga em inglês) afirmou no seu relatório mensal que o grupo formado pela Organização de Países Exportadores de Petróleo e aliados, conhecido como Opep+, precisaria aumentar a produção para atender à demanda definida para se recuperar aos níveis pré-pandêmicos até o final de 2022.

(Reportagem de Dmitry Zhdanikov, Shu Zhang e Sonali Paul)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.