Agronegócio

Preços do petróleo sobem 2% após redução nos estoques dos EUA

Reuters
Reuters

23 de dezembro de 2020 - 18:01 - Atualizado em 23 de dezembro de 2020 - 18:05

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo subiram mais de 2% nesta quarta-feira, impulsionados pelas quedas nos estoques da commodity, de gasolina e de produtos refinados nos Estados Unidos, que aumentaram as esperanças de investidores na retomada da demanda por combustíveis.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em alta de 1,12 dólar, ou 2,2%, a 51,20 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) subiu 1,1 dólar, ou 2,3%, para 48,12 dólares o barril.

Os estoques de petróleo dos EUA registraram queda de 562 mil barris na semana até 18 de dezembro, atingindo 499,5 milhões de barris, disse a Administração de Informação sobre Energia (AIE) nesta quarta-feira.

Já as reservas de gasolina do país tiveram um surpreendente recuo de 1,1 milhão de barris na semana, para 237,8 milhões de barris, indicou a AIE, enquanto os estoques de produtos refinados cederam em 2,3 milhões de barris, mais do que o esperado, alcançando 148,9 milhões de barris.

“Vimos uma recuperação modesta na demanda por refinados e gasolina, uma indicação do período de festas”, disse Andrew Lipow, presidente da Lipow Oil Associates em Houston. “Esses números de demanda, combinados com as quedas nos estoques de gasolina e refinados, ajudaram a dar suporte ao mercado”, acrescentou.

(Reportagem de Stephanie Kelly, em Nova York; reportagem adicional de Ahmad Ghaddar em Londres, Sonali Paul em Melbourne e Koustav Samanta em Cingapura)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.