Agronegócio

Preços do petróleo recuam com aumento de estoque dos EUA e propagação da variante Delta

Reuters
Reuters
Preços do petróleo recuam com aumento de estoque dos EUA e propagação da variante Delta
Tanque de petróleo no Texas, EUA.

4 de agosto de 2021 - 18:01 - Atualizado em 4 de agosto de 2021 - 18:05

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo recuaram pelo terceiro dia seguido, para uma mínima de duas semanas nesta quarta-feira, diante de aumento surpresa nos estoques de petróleo dos Estados Unidos, relatório negativo da economia norte-americana e também com preocupações de que a disseminação da variante Delta do coronavírus irá pesar na demanda mundial por energia.

Os traders notaram que a queda nos preços do petróleo ocorreram apesar dos relatos de aumento nas tensões geopolíticas no Oriente Médio.

Os contratos futuros do Brent recuaram 2,03 dólares, ou 2,8%, para fechar a 70,38 dólares o barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) caiu 2,41 dólares, ou 3,4%, para fechar a 68,15 dólares.

Esse foi o menor fechamento para ambos os contratos de referência desde 20 de julho.

A Administração de Informação sobre Energia (AIE) disse que os estoques de petróleo avançaram em inesperados 3,6 milhões de barris na semana passada, com os estoques da gasolina recuando mais que o previsto em 5,3 milhões de barris. [EIA/S]

“Os preços do petróleo permaneceram pesados depois que a AIE mostrou que os estoques de petróleo aumentaram inesperadamente na semana passada”, disse Edward Moya, analista de mercado sênior da OANDA.

(Reportagem Adicional de Ahmad Ghaddar em Londres e Naveen Thukral em Cingapura)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH731D0-BASEIMAGE