Agronegócio

Preços do petróleo ficam estáveis com disseminação de vírus compensando oferta apertada

Reuters
Reuters
Preços do petróleo ficam estáveis com disseminação de vírus compensando oferta apertada
Tubos e vávulas de petróleo em Departamento de Energia, no Texas, EUA.

27 de julho de 2021 - 17:13 - Atualizado em 27 de julho de 2021 - 17:15

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo fecharam praticamente estáveis nesta terça-feira, com investidores preocupados com a demanda mundial sendo prejudicada pelo aumento dos casos de Covid-19, apesar das ofertas estarem apertadas e as taxas de vacinação aumentando.

Analistas esperam que os estoques de petróleo dos EUA recuem cerca de 2,9 milhões de barris e os estoques de gasolina caiam 900 mil barris na semana encerrada em 23 de julho. [EIA/S]

“Os dados de estoque da API podem sacudir os preços do petróleo de volta à vida”, afirmou Craig Erlam, analista sênior da OANDA.

Os contratos futuros do Brent recuaram 0,02 dólar, para fechar em 74,48 dólares o barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) caiu 0,26 dólar, ou 0,4%, para fechar em 71,65 dólares.

Essa foi a primeira queda do Brent em seis dias.

As perspectivas de crescimento mundial da economia permanecem forte, mesmo com economistas nas pesquisas da Reuters preocupados com as novas variantes do coronavírus.

(Por Scott DiSavino)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6Q1D5-BASEIMAGE