Agronegócio

Preços do petróleo fecham em leve queda com negociações da Opep+ para aumentar produção

Reuters
Reuters

22 de junho de 2021 - 17:53 - Atualizado em 22 de junho de 2021 - 17:55

Por Laura Sanicola

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo fecharam levemente em queda nesta terça-feira, após o Brent avançar acima dos 75 dólares o barril pela primeira vez em mais de dois anos, em meio a discussões da Opep+ sobre aumento na produção de petróleo.

Os contratos futuros do Brent fecharam em queda de 0,9 dólar, para 74,81 dólares o barril, após atingir a máxima da sessão em 75,30 dólares o barril, o mais valorizado desde 25 de abril de 2019.

O petróleo dos EUA (WTI) recuou 0,60 dólar, ou 0,8%, para 73,06 dólar o barril.

A Opep+ está discutindo um aumento gradual na produção de petróleo a partir de agosto, mas nenhuma decisão foi tomada em relação a volumes exatos, afirmou uma fonte da Opep+ nesta terça-feira.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, conhecidos coletivamente como Opep+, já está devolvendo 2,1 milhões de barris por dia (bpd) para o mercado, no prazo de maio até julho, como parte de um plano para reduzir o corte recorde de produção do ano passado gradualmente, frente à recuperação de demanda pós-pandemia.

O grupo reúne-se no próximo 1º de julho.

Ambas as marcas de referência avançaram nas últimas semanas, em resposta ao avanço mundial da vacinação contra a Covid-19 e a expectativas de recuperação nas viagens de verão, no Hemisfério Norte.

(Reportagem de Laura Sanicola; Reportagem adicional de Ahmad Ghaddar em Londres, Yuka Obayashi em Tóquio)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.