Agronegócio

Preços do petróleo caem com realização de lucros após atingirem máxima de 2 anos

Reuters
Reuters

7 de junho de 2021 - 17:24 - Atualizado em 7 de junho de 2021 - 17:25

Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo recuaram nesta segunda-feira após atingirem máximas de dois anos, com expectativas de melhoria na demanda e produtores da Opep mantendo reduções de oferta iguais.

Os preços recuaram de máximas do início da sessão e analistas citaram pressão de informações da China que mostraram uma queda de importações de petróleo em uma mínima de um ano em maio.

“Isso afastou um certo entusiasmo que os otimistas do petróleo têm visto”, afirmou Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group em Chicago.

O petróleo Brent fechou a 71,49 dólares o barril, queda de 0,40 dólar, após atingir 72,27 dólares o barril, a máxima desde maio de 2019.

O petróleo dos EUA (WTI) fechou a 69,23 dólares o barril, após tocar 70 dólares pela primeira vez desde outubro de 2018.

Investidores podem ter vendido alguns contratos para levar lucro quando o WTI atingiu cerca de 70 dólares, disse Jim Ritterbusch, da Ritterbusch and Associates.

O petróleo avançou por duas semanas, com o Brent em alta de 38% este ano e o WTI subindo 43%, com ajuda de uma recuperação nascente relacionada à pandemia e interrupções da demanda; e diminuição da oferta pela Organização de Países Exportadores de Petróleo e aliados.

(Reportagem de Alex Lawler e Florence Tan)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.