Agronegócio

Prazo para objeções à redução de capital da Terra Santa Agro chega ao fim

Reuters
Reuters

30 de junho de 2021 - 20:56 - Atualizado em 30 de junho de 2021 - 20:56

SÃO PAULO (Reuters) – A Terra Santa Agro comunicou nesta quarta-feira que terminou na véspera o prazo para que credores se opusessem à redução de capital da companhia, o que permitirá que a transação siga adiante.

Segundo a empresa, o montante total envolvido na redução de capital é de 673,6 milhões de reais, e o movimento se tornará efetivo após o cumprimento de condições suspensivas previstas na operação.

“Por ser considerado excessivo, (a redução) será em valor equivalente ao valor patrimonial contábil do investimento detido pela companhia na TS AGRO S.A… mediante entrega de 100% das ações de sua emissão, na proporção das respectivas participações de cada acionista na companhia na data da implementação da redução de capital”, detalhou a empresa.

A Terra Santa, que fechou um acordo em março para ser incorporada pela SLC Agrícola, acrescentou que não haverá cancelamento de ações representativas de seu capital social, com o percentual detido pelos acionistas se mantendo inalterado.

(Por Gabriel Araujo)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.