Agronegócio

Petróleo sobe com melhor previsão de demanda, mas Covid segue preocupando

Reuters
Reuters

28 de abril de 2021 - 15:10 - Atualizado em 28 de abril de 2021 - 15:15

Por Julia Payne

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo operavam em alta nesta quarta-feira, apoiados por projeções de uma recuperação na demanda global por combustíveis, embora preocupações com o salto nos casos de Covid-19 na Índia seguissem no radar.

O petróleo Brent subia 0,52 dólar, ou 0,78%, a 66,94 dólares por barril, às 8:58 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,61 dólar, ou 0,97%, a 63,55 dólares por barril.

Na véspera, o Brent subiu 1,2%, enquanto o WTI fechou com ganhos de 1,7%.

A decisão da Opep+ de manter seus planos de reduzir gradualmente restrições de oferta a partir de maio evidenciou que o grupo de produtores está confiante em uma recuperação da demanda global.

O Goldman Sachs disse nesta quarta-feira que espera o “maior salto já registrado na demanda por petróleo, um aumento de 5,2 milhões de barris por dia ao longo dos próximos seis meses”, com aceleração de campanhas de vacinação e o aumento na demanda por viagens.

Segundo o banco, o relaxamento de restrições internacionais de viagens em maio deve elevar a demanda por combustível de aviação em 1,5 milhão de bpd.

Um relatório de especialistas da Opep+ projetou que a demanda global por petróleo deve avançar 6 milhões de bpd em 2021, depois de ter desabado 9,5 milhões de bpd no ano passado.

“O cartel do petróleo segue confiante sobre as perspectivas de demanda, uma vez que as economias dos EUA e da China se recuperaram fortemente. Isso ajudou a compensar preocupações sobre os crescentes casos de Covid-19 na Índia, Japão e Brasil”, disse Margaret Yang, estrategista da DailyFX.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.