Agronegócio

Petróleo sobe antes de reunião da Opep+, mas Covid na Índia limita alta

Reuters
Reuters

27 de abril de 2021 - 14:57 - Atualizado em 27 de abril de 2021 - 15:00

Por Alex Lawler

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo subiam nesta terça-feira, com o Brent, referência internacional, tocando 66 dólares por barril antes de reunião do grupo de produtores Opep+ para discussões sobre sua política de oferta, embora preocupações com a crise do coronavírus na Índia e impactos na demanda limitassem a alta.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados terão uma reunião de monitoramento nesta terça-feira, ao invés de quarta-feira como planejado antes.

Um encontro técnico do grupo na segunda-feira expressou preocupações com os crescentes casos de Covid-19, mas manteve inalteradas suas projeções para a demanda por petróleo.

O petróleo Brent subia 0,4 dólar, ou 0,61%, a 66,05 dólares por barril, às 8:11 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,48 dólar, ou 0,78%, a 62,39 dólares por barril.

“Traders não querem perder o potencial altista da reunião da Opep+, então há um otimismo limitado refletido nos preços”, disse Bjornar Tonhaugen, da Rystad Energy.

“Se a Opep+ fechar os olhos para a situação na Índia, os ganhos podem evaporar rapidamente.”

O grupo conhecido como Opep+ deve começar a reduzir levemente seus cortes de produção a partir de 1° de maio, sob um plano acertado antes da recente disparada da Covid-19 na Índia, onde o número de novos casos diários registrados subiu para mais de 300 mil por diversos dias.

“Nós ainda esperamos que o grupo não deve anunciar mudanças em seus planos”, disseram analistas do ING Economics em nota.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.