Agronegócio

Monções na Índia são esperadas para junho, afirma integrante do governo

Reuters
Reuters

6 de maio de 2021 - 16:37 - Atualizado em 6 de maio de 2021 - 16:40

NOVA DÉLHI (Reuters) – As chuvas de monções, que marcam o começo da temporada úmida de quatro meses na Índia, deverão chegar ao país pela costa sul por volta de 1º de junho, em linha com padrões típicos, afirmou um representante do governo nesta quinta-feira.

“Essa é uma indicação inicial”, disse Madhavan Rajeevan, secretário do Ministério de Ciências da Terra, em um tuíte.

O departamento do clima da Índia vai emitir a previsão oficial para o início das monções deste ano no dia 15 de maio, afirmou Rajeevan.

Quase metade das terras agrícolas da Índia, que não são envolvidas em irrigação, depende das chuvas anuais de junho a setembro para o cultivo de safras como as de arroz, milho, cana-de-açúcar, algodão e soja.

O departamento do clima da Índia afirmou no mês passado que a expectativa do país era de receber chuvas de monções dentro da média neste ano, aumentando as expectativas de um maior resultado agrícola, fundamental para a economia do país.

No ano passado, as chuvas de monções da Índia, que normalmente chegam à região sul do Estado de Kerala perto de 1º de junho e recuam do Estado desértico do Rajastão em setembro, ficaram acima da média pelo segundo ano consecutivo –o que ocorreu pela primeira vez em mais de seis décadas.

As chuvas de monções do ano passado reabasteceram a umidade do solo e levaram a maiores rendimentos de colheitas.

(Reportagem de Mayank Bhardwaj)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.