Agronegócio

Milho e soja dos EUA fecham sem direção comum, com operadores observando o clima

Reuters
Reuters

7 de junho de 2021 - 18:35 - Atualizado em 7 de junho de 2021 - 18:40

Por Mark Weinraub

CHICAGO (Reuters) – Os preços futuros do milho e da soja fecharam sem direção comum nesta segunda-feira, com contratos de safras antigas caindo com realização de lucros enquanto os da nova safra dos EUA avançaram com preocupações das condições quentes e secas nas áreas do Meio-Oeste dos Estados Unidos, disseram operadores.

“Meteorologistas esperam estresse nas safras de metade do Cinturão do Milho do noroeste pelas próximas duas semanas, com chuvas insuficientes”, afirmou Arlan Suderman, economista chefe de commodities na StoneX, em nota ao cliente.

Os contratos mais ativos do milho e da soja atingiram suas máximas desde meados de maio, antes de recuarem. Os futuros do óleo de soja atingiram uma máxima histórica no overnight, mas o contrato mais ativo fechou em queda com realização de lucro.

Os futuros do trigo recuaram, com o trigo de primavera negociado em Mineápolis caindo 3,3% de uma máxima de oito anos, após chuva proporcionar certo alívio nas safras secas do Canadá.

Os futuros do milho para julho fecharam em queda de 3,50 centavos de dólar, a 6,7925 dólares o bushel, enquanto o contrato para dezembro subiu 11,25 centavos de dólar, para 6,0275 dólares.

Os futuros da soja para julho em Chicago tiveram queda de 23,50 centavos de dólar, a 15,6025 dólares o bushel. A soja para novembro teve alta de 4,50 centavos de dólar, a 14,40 dólares.

Os futuros do trigo soft vermelho de inverno negociado em Chicago caíram 7,75 centavos de dólar para 6,80 dólares o bushel; já o trigo de primavera para julho negociado em Mineápolis recuou 27,75 centavos de dólar para 7,85 dólares.

(Mark Weinraub; Michael Hogan; Naveen Thukral; Colin Packham)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.