Agronegócio

Milho e soja caem após chuvas no Meio-Oeste dos EUA; trigo também recua

Reuters
Reuters

24 de maio de 2021 - 17:56 - Atualizado em 24 de maio de 2021 - 18:00

Por Karl Plume

LONDRES (Reuters) – Os preços futuros do milho e da soja nos Estados Unidos caíram nesta segunda-feira, com as chuvas impulsionando áreas plantadas recentemente no Meio Oeste dos EUA e operadores avaliando a demanda por exportações futuras depois de uma onda de compras de milho pela China na semana passada.

Os futuros do trigo também recuaram, atingindo uma mínima em mais de um mês, com perspectivas de uma colheita de milho de inverno abundante nos EUA e o aumento na competição global por mercados de exportação pesando sobre os preços.

“O pessoal está tirando o prêmio de risco do mercado. Estávamos preocupados com as condições secas no Iowa, Wisconsin e em partes das Dakotas. Tudo isso mudou com a chuva, pelo menos por enquanto”, conforme afirmou Don Roose, presidente da U.S. Commodities.

“Com o ataque à inflação na China, as pessoas estão se perguntando se eles continuarão com suas compras”, afirmou ele.

O preço do milho negociado em Chicago com entrega em julho fechou em queda de 2,25 centavos de dólar, a 6,5725 dólares por bushel, enquanto a soja para julho recuou 3,50 centavos, para 15,2275 dólares o bushel.

Analistas ouvidos pela Reuters esperam que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) reporte que 91% do milho foi plantado até domingo, junto com 80% da colheita de soja. O USDA deve divulgar relatório semanal sobre progresso e condições das safras ainda nesta segunda-feira.

Já o trigo caiu por perspectivas de produtividade recorde apontadas para o Kansas após uma excursão para avaliação da safra na última semana.

O trigo vermelho de inverno para julho recuou 12 centavos de dólar, para 6,6225 dólares o bushel, a mínima para o contrato mais ativo desde abril de 2020. O trigo vermelho de inverno para julho teve queda de 8,75 centavos de dólar, para 6,1525 dólares o bushel.

(Reportagem adicional de Nigel Hunt em Londres e Naveen Thukral em Cingapura)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.