Agronegócio

Leilão de biodiesel da ANP negocia 1,3 bi de litros e movimenta R$6,15 bi

Reuters
Reuters

25 de fevereiro de 2021 - 17:53 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2021 - 17:55

SÃO PAULO (Reuters) – O 78° leilão de biodiesel da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) negociou cerca de 1,3 bilhão de litros, em volume que visa atender às demandas de março e abril, informou a reguladora nesta quinta-feira.

A partir de 1º de março, a mistura obrigatória de biodiesel no diesel no Brasil passará a ser de 13%, ante 12% atualmente.

O certame apurou preço médio de 4,708 reais por litro do biocombustível, sem considerar a margem da adquirente, o que levou a uma movimentação de 6,15 bilhões de reais, de acordo com comunicado da ANP.

O valor médio pago pelo litro do biocombustível avançou 6,4% em relação ao 77º leilão da ANP, realizado no final de dezembro para as demandas de janeiro e fevereiro. Mas o certame anterior comercializou um volume menor.

O valor final do novo pregão, acrescentou a ANP, reflete deságio médio de 20,71% em relação à média ponderada dos preços máximos de referência regionais, de 5,939 reais por litro.

A apresentação de ofertas pelas usinas apontou disponibilização de um volume total de 1,5 bilhão de litros de biodiesel.

(Por Gabriel Araujo)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.