Agronegócio

InVivo espera fechar acordo para compra da Soufflet nas próximas semanas

Reuters
Reuters

28 de abril de 2021 - 16:31 - Atualizado em 28 de abril de 2021 - 16:35

Por Gus Trompiz e Sybille de La Hamaide

PARIS (Reuters) – A francesa InVivo espera concluir nas próximas duas semanas um acordo para a aquisição da rival no agronegócio Soufflet, no que é visto pela companhia como um passo rumo à criação de uma gigante europeia para competir com grandes comerciantes globais de produtos agrícolas, disse o presidente-executivo da empresa nesta quarta-feira.

A InVivo havia anunciado em janeiro o início de negociações exclusivas para a compra da Soufflet e a criação de um grupo com cerca de 10 bilhões de euros (12 bilhões de dólares) em vendas.

“Devemos chegar à assinatura nos próximos 10 a 15 dias”, disse a repórteres o presidente-executivo da InVivo, Thierry Blandinieres.

O acordo será, então, apresentado aos órgãos antitruste nacionais e da União Europeia, com expectativas de que a autorização regulatória ocorra de três a nove meses, disse Blandinieres durante uma entrevista coletiva online.

A InVivo pediu a parceiros financeiros tradicionais para que ajudassem no financiamento da operação, afirmou Blandinieres, que preferiu não fornecer detalhes antes da assinatura do acordo.

A InVivo –grupo de quase 200 cooperativas agrícolas– e a centenária empresa de controle familiar Soufflet estão entre os principais players do setor agrícola francês, o maior da UE.

O grupo combinado, por sua vez, se tornaria um dos maiores players controlados por cooperativas no agronegócio europeu. Blandinieres afirmou que o objetivo de longo prazo da InVivo é criar uma instituição europeia ainda maior, para rivalizar com as chamadas tradings globais “ABCD” –Archer Daniels Midland, Bunge, Cargill e Louis Dreyfus.

“Em nosso mundo de comerciantes e cooperativas, deve existir a ambição de dar suporte ao surgimento de um verdadeiro líder, da escala das ABCDs, nos próximos 10, 15 anos. Essa é a nossa motivação para além da aquisição do grupo Soufflet”, disse.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.