Agronegócio

Illycaffè tem queda de 25% nos lucros de 2020 com restrições por Covid

Reuters
Reuters

3 de maio de 2021 - 15:10 - Atualizado em 3 de maio de 2021 - 15:15

MILÃO (Reuters) – A Illycaffè registrou uma queda de 25% nos lucros da companhia em 2020, à medida que as restrições impostas para conter a pandemia da Covid-19 atingiram o consumo em bares e restaurantes, disse a italiana em comunicado nesta segunda-feira.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado caiu para 57,7 milhões de euros (69,49 milhões de dólares), enquanto o lucro líquido recuou para 5 milhões de euros, ante 19 milhões de euros registrados anteriormente.

As receitas diminuíram 14% para 446,5 milhões de euros, uma vez que as vendas crescentes de café para consumo doméstico –seja através de supermercados ou online– compensaram apenas parcialmente a queda no segmento de consumo fora de casa.

As vendas em supermercados e online aumentaram 30% e 39% no ano passado, respectivamente.

A Illycaffè disse que os Estados Unidos foram o mercado mais afetado pela pandemia, enquanto as vendas na Ásia estão se recuperando, com a Coreia do Sul apresentando forte crescimento.

A fabricante de café premium concluiu em fevereiro a venda de uma participação de 20% para o grupo de private equity Rhone Capital, abrindo a empresa familiar para um investidor externo pela primeira vez nos 88 anos de história.

A italiana ainda disse na época do negócio que não descartava uma listagem em bolsa no futuro.

(Reportagem de Cristina Carlevaro)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.