Agronegócio

IGC vê recorde na produção mundial de grãos para temporada 2021/22

Reuters
Reuters

25 de março de 2021 - 17:27 - Atualizado em 25 de março de 2021 - 17:30

LONDRES (Reuters) – O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) estimou nesta quinta-feira que a produção global deve subir para um recorde de 2,287 bilhões de toneladas na temporada 2021/22, mas espera que a oferta mais ampla seja totalmente absorvida pelo maior consumo.

Em sua primeira avaliação completa sobre a próxima safra, o órgão intergovernamental projetou um mercado equilibrado, com estoques ao final do período de 609 milhões de toneladas, inalterados em relação ao ciclo anterior.

Segundo o IGC, a produção global de trigo deve aumentar para 790 milhões de toneladas, ante 774 milhões em 2020/21, com safras maiores esperadas para vários países, incluindo os exportadores França (37,3 milhões versus 30,4 milhões de toneladas) e Argentina (20,3 milhões contra 17,2 milhões).

Uma queda estimada para a produção de trigo na Rússia -para 76,9 milhões de toneladas ante 85,4 milhões- limitou o aumento na previsão global para o cereal.

O IGC prevê a produção mundial de milho 2021/22 em 1,193 bilhão de toneladas, ante 1,139 bilhão na temporada anterior, com a safra dos EUA subindo para 384 milhões de toneladas, ante 360,3 milhões da temporada anterior.

Já a soja também deve avançar em 2021/22, para 383 milhões de toneladas, ante 361 milhões em 2020/21, enquanto a produção de arroz deve subir de 504 milhões para 510 milhões de toneladas.

(Reportagem de Nigel Hunt)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.