Agronegócio

IGC reduz estimativa para produção global de milho em 2020/21

Reuters
Reuters

29 de outubro de 2020 - 14:00 - Atualizado em 29 de outubro de 2020 - 14:05

LONDRES (Reuters) – O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) reduziu nesta quinta-feira sua estimativa para a produção global de milho 2020/21 em 4 milhões de toneladas, para 1,156 bilhão, refletindo quedas nas perspectivas para as safras dos Estados Unidos, Ucrânia e União Europeia.

Em sua atualização mensal, o IGC cortou a projeção para a safra da Ucrânia para 33 milhões de toneladas, uma mínima de três anos, ante 35 milhões de toneladas vistas anteriormente.

A produção de milho dos EUA foi estimada em 373,9 milhões de toneladas, em linha com a estimativa do Departamento de Agricultura norte-americano (USDA, na sigla em inglês), mas abaixo da projeção anterior do IGC, de 376,5 milhões de toneladas.

Já a safra de milho da UE deverá atingir 62,6 milhões de toneladas, versus previsão de 67,4 milhões de toneladas publicada anteriormente.

O IGC elevou marginalmente sua estimativa para a safra global de trigo 2020/21, em 1 milhão de toneladas, e passou a projetá-la em 764 milhões de toneladas.

A produção global de soja em 2020/21, enquanto isso, foi estimada em 370 milhões de toneladas, uma queda frente à previsão anterior de 373 milhões de toneladas, diante de reduções vistas nas safras dos EUA, Argentina, Índia e Ucrânia.

(Reportagem de Nigel Hunt)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.