Agronegócio

EXCLUSIVO-Banco russo VTB deve seguir no setor de grãos por até 5 anos, diz CEO

Reuters
Reuters

28 de outubro de 2020 - 15:25 - Atualizado em 28 de outubro de 2020 - 15:30

Por Tatiana Voronova e Katya Golubkova

MOSCOU (Reuters) – O banco russo VTB, que em um ano se transformou em uma importante trading de grãos, planeja continuar no negócio pelos próximos três a cinco anos, disse à Reuters o presidente-executivo da instituição de controle estatal, Andrey Kostin.

O VTB, segundo maior banco da Rússia, tornou-se o maior operador doméstico de infraestrutura de grãos após adquirir uma série de ativos no ano passado.

Em abril, a empresa vendeu quase metade de sua unidade de grãos, a Demetra Holding, para outras duas companhias russas.

“Acredito que estaremos nesse projeto pelos próximos três a cinco anos, mais provavelmente cinco”, disse Kostin, em declarações que foram liberadas para publicação nesta quarta-feira. “Muito precisa ser feito para desenvolver a infraestrutura do mercado de grãos.”

A Rússia é uma das maiores exportadoras de trigo do mundo. Há um ano, o VTB disse à Reuters que planejava expandir seu negócio de grãos e, na sequência, deixá-lo.

Questionado sobre o que mais o VTB precisa fazer, Kostin disse que a infraestrutura para o setor –como estradas e ferrovias– deve ser melhorada, acrescentando que o banco também procura fortalecer ainda mais sua equipe de grãos.

“Todas essas coisas estão no nosso foco, assim como desenvolvimentos no mercado externo, onde estamos tentando, de forma cada vez mais ativa, entrar com nossos grãos russos”, afirmou Kostin.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.