Agronegócio

EUA tem 72% do milho em boas condições e 67% da soja, diz USDA

Reuters
Reuters

7 de junho de 2021 - 20:29 - Atualizado em 7 de junho de 2021 - 20:30

Por Julie Ingwersen

CHICAGO (Reuters) – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) classificou 72% da safra de milho norte-americana em condição entre boa e excelente, conforme relatório de progresso da colheita, queda de 4 pontos percentuais ante o registrado na semana anterior e abaixo da média estimada em pesquisa da Reuters.

Analistas ouvidos pela Reuters esperavam, em média, que as avaliações do milho caíssem até 2 pontos percentuais, para 74% em bom a excelente.

Em relatório divulgado nesta segunda-feira, o USDA também avaliou 67% da safra de soja em boa a excelente, na primeira classificação sobre condição da safra de 2021 para oleaginosas, abaixo da expectativa dos analistas, de 70%.

O USDA afirmou que os produtores dos Estados Unidos plantaram 90% dos acres de soja até domingo, com atraso em relação à média estimada em pesquisa da Reuters, de 92%, mas acima da média de cinco anos, de 79%.

A semeadura de milho está praticamente completa, atingindo 95% até 30 de maio.

A colheita de trigo de inverno dos EUA está em andamento. O USDA afirmou que 2% da colheita foi realizada até domingo, atrás da média de 5% estimada por analistas e da média de cinco anos, de 7%. O governo avaliou 50% da safra como boa a excelente, acima dos 48% da semana anterior, enquanto analistas não esperavam nenhuma alteração.

A classificação do trigo de primavera caiu mais do que os analistas esperavam, na esteira de um período de temperaturas escaldantes nas Planícies do Norte dos EUA. O USDA avaliou 38% do trigo de primavera como bom a excelente, abaixo dos 43% da semana anterior e da média estimada pelos analistas, de 40%.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.