Agronegócio

CORREÇÃO-CTNBio garante liberação comercial a milho geneticamente modificado da Monsanto

Reuters
Reuters

16 de novembro de 2020 - 13:38 - Atualizado em 16 de novembro de 2020 - 13:40

(No primeiro parágrafo, corrige para “Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações”, e não “Agricultura”)

SÃO PAULO – A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), ligada ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, aprovou liberação comercial para milho geneticamente modificado resistente a insetos da Monsanto, controlada pela alemã Bayer.

De acordo com publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira, a aprovação para o milho MON 95379 foi garantida após análise de parecer técnico sobre o pedido de liberação.

“A avaliação de biossegurança do milho geneticamente modificado resistente a insetos, evento MON 95379, conclui sobre sua similaridade ao milho convencional quanto à biossegurança ao meio ambiente e à saúde humana e animal”, apontou a comissão no parecer.

A CTNBio considerou que “essa atividade não é potencialmente causadora de significativa degradação do meio ambiente ou de agravos à saúde humana e animal”, ainda segundo as informações disponibilizadas no Diário Oficial da União.

A comissão também apontou que não identificou risco não negligenciável, estando a empresa isenta de plano de monitoramento pós-liberação comercial.

Para acessar o extrato do parecer técnico da CTNBio no Diário Oficial da União, clique aqui: https://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=16/11/2020&jornal=515&pagina=6&totalArquivos=159

(Por Luciano Costa)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.