Agronegócio

Colheita de soja da Argentina é concluída com 43,5 mi t, diz bolsa de cereais

Reuters
Reuters

24 de junho de 2021 - 17:36 - Atualizado em 24 de junho de 2021 - 17:40

BUENOS AIRES (Reuters) – A colheita de soja 2020/21 da Argentina foi concluída com uma produção de 43,5 milhões de toneladas, 10% a menos do que na temporada anterior, mas em linha com os prognósticos, informou nesta quinta-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

O rendimento médio da temporada foi de 2,67 toneladas por hectare na Argentina, maior exportadora global de farelo e óleo de soja.

A colheita de milho 2020/21, por sua vez, atingiu 47,6% na área semeada, o que representa um avanço de 5,3 pontos percentuais em relação à semana anterior, destacou a entidade em seu relatório semanal de cultivos.

“Os rendimentos registrados continuam superando as expectativas do início da temporada. Frente a este panorama, mantemos nos estimativa de produção de 48 milhões de toneladas para a safra 2020/21”, informou a bolsa de cereais.

É esperada uma aceleração no ritmo da colheita de milho agora que foram concluídos os trabalhos na soja, que tende a ser priorizada pelos agricultores por ter menor resistência ao clima.

A Argentina é a terceira maior exportadora de milho e soja em grãos do mundo.

(Reportagem de Hugh Bronstein)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.