Agronegócio

Chuva favorece desenvolvimento da soja no RS, mas acende alerta para ferrugem

Reuters
Reuters

18 de fevereiro de 2021 - 20:53 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 20:55

SÃO PAULO (Reuters) – As chuvas mais constantes favoreceram o desenvolvimento da soja 2020/21 no Rio Grande do Sul ao longo da última semana, mas têm acendido um alerta entre os produtores em função de dificuldades nos tratos com a cultura, disse a Emater-RS nesta quinta-feira, elevando o risco de ocorrência da doença ferrugem asiática nas lavouras.

Segundo a entidade, 50% das áreas plantadas com a oleaginosa no Estado estão em fase de enchimento de grãos, enquanto 36% figuram em estágio de floração. Na semana passada, havia 34% dos cultivos em enchimento e 46% em floração.

No mesmo período da safra anterior, 55% das lavouras se mostravam em enchimento e 28% em floração, enquanto as médias históricas para ambos os estágios neste momento da safra são, respectivamente, de 64% e 25%, mostraram dados do órgão ligado ao governo gaúcho em informativo conjuntural semanal.

Além disso, o Rio Grande do Sul ainda verifica na safra atual 11% das lavouras em germinação/desenvolvimento germinativo e 3% em maturação.

“As chuvas mais constantes favorecem o desenvolvimento das plantas, no entanto, atrapalham a atividade de aplicação de fungicidas, principalmente em áreas mais suscetíveis ou com presença de ferrugem”, disse o órgão.

“Diversas regiões têm incidência de mofo branco nas lavouras”, acrescentou.

Em relação ao milho, a colheita da safra de verão 2020/21 no Estado atingiu nesta semana 42% das áreas plantadas, leve avanço de 3 pontos percentuais em relação à semana anterior, de acordo com a entidade.

Os trabalhos marcam atraso em relação a igual período do ano passado, quando atingiam 45%, mas superam a média histórica para este momento da safra, de 37%.

“As chuvas seguem beneficiando a cultura no Estado. Na maioria das regiões, o ataque de cigarrinha causa prejuízos nas lavouras. A lagarta do cartucho também necessita controle”, disse a Emater-RS.

(Por Gabriel Araujo)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.