Agronegócio

Céleres vê produção recorde de soja do Brasil em quase 136 mi t

Reuters
Reuters

6 de abril de 2021 - 12:07 - Atualizado em 6 de abril de 2021 - 12:10

SÃO PAULO (Reuters) – A produção de soja do Brasil deverá atingir um recorde de 135,9 milhões de toneladas em 2020/21, o que seria um crescimento de 7,3% ante a temporada passada, apesar de adversidades climáticas, informou a Céleres nesta terça-feira.

O volume representa um aumento na comparação com projeção divulgada em fevereiro pela consultoria, de 132,6 milhões de toneladas.

O recorde deverá ocorrer apesar de uma queda na produtividade média em Mato Grosso de quase 4% ante a temporada passada, com o maior produtor brasileiro da oleaginosa produzindo 36,1 milhões de toneladas, graças a um crescimento de 4,3% na área plantada.

Outros Estados como Mato Grosso do Sul, Paraná, Bahia, Maranhão também terão produtividade abaixo da vista no ano passado, segundo os números da Céleres, o que indica que a safra poderia ter sido muito maior se o clima tivesse colaborado, como aconteceu em 2019/20.

Segundo a Céleres, a área plantada com soja no Brasil aumentou 6,4%, para 39,27 milhões de hectares.

A Céleres estima as exportações de soja do Brasil em recorde de 85 milhões de toneladas, versus 83 milhões em 2019/20. Já o processamento deverá crescer para 46 milhões de toneladas, ante 44,5 milhões no ciclo anterior.

(Por Roberto Samora)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.