Agronegócio

Café arábica salta com geadas no Brasil; açúcar bruto também sobe

Reuters
Reuters

28 de junho de 2021 - 18:00 - Atualizado em 28 de junho de 2021 - 18:05

Por Marcelo Teixeira e Nigel Hunt

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os preços futuros do café arábica na ICE fecharam em alta de mais de 3% nesta segunda-feira, com previsões de geadas esta semana no maior produtor, Brasil, que também deram suporte para os futuros do açúcar bruto avançarem 2%.

CAFÉ

* Café arábica para setembro fechou em alta de 4,9 centavos de dólar, ou 3,1%, em 1,627 dólar por libra-peso, a máxima em 20 dias.

* Os operadores observam atentos uma massa de ar polar segue ganhando intensidade no país e deve provocar nesta semana geadas fortes em áreas agrícolas.

* Embora os meteorologistas afirmem que o risco de geadas nas principais áreas cafeeiras brasileiras é muito pequeno, os investidores se movimentaram para cobrir as posições vendidas.

* O Brasil já está colhendo uma safra menor que o normal devido à seca deste ano e quaisquer novos problemas para a safra do ano que vem atingiria as ofertas.

* Café robusta para setembro fechou em alta de 32 dólares, ou 1,9%, em 1.711 dólares a tonelada.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto para julho ​​fechou em alta de 33 centavos de dólar, ou 2%, a 17,23 centavos de dólar por libra-peso.

* Operadores notaram que usinas no centro-sul do Brasil estavam começando lentamente a reduzir a quantia de cana-de-açúcar usada para produzir açúcar, favorecendo cada vez mais o biocombustível etanol.

* “Ainda parece que, com o tempo, o mix de açúcar (na região centro-sul do Brasil) irá ser menor que no ano passado”, afirmou a corretora Marex em nota, acrescentando que houve relatórios sobre a qualidade da cana-de-açúcar estar piorando.

* Os corretores também citaram as previsões de geadas esta semana no Brasil, com baixo risco de dano para alguns campos fora da principal região de produção.

* O açúcar branco para agosto avançou 5,50 dólares, ou 1,3%, para 433,30 dólares a tonelada.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Nigel Hunt)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.