Agronegócio

Bunge anuncia empresa para frete digital no Brasil; dará acesso outros embarcadores

Reuters
Reuters

6 de maio de 2021 - 09:48 - Atualizado em 6 de maio de 2021 - 09:50

SÃO PAULO (Reuters) – A empresa do agronegócio Bunge anunciou nesta quinta-feira parceria com a provedora de soluções de logística e tecnologia Target para criar a empresa Vector, com foco na digitalização do processo de contratação de frete rodoviário e outros serviços.

O anúncio veio após pouco mais de um ano de funcionamento do aplicativo Vector, desenvolvido pelas companhias para a contratação de fretes da Bunge.

Agora, segundo a Bunge, a nova empresa passa a oferecer de forma independente os serviços de logística da plataforma para outros embarcadores, aumentando a produtividade dos motoristas a partir do mapeamento de corredores e fluxos para encontrar sinergias que permitam diminuir tempos ociosos para os caminhoneiros e reduzir custos.

O sistema permite não só o agendamento do frete como também a distribuição, via sistema, de todos os documentos de transporte, garantindo a carga ao motorista sem qualquer necessidade de contato entre as partes –a solução também elimina uma etapa presencial do processo.

“Com base nos dados que temos disponíveis desde que o aplicativo foi lançado sabemos que a ferramenta não apenas cria colaboração eficiente entre companhias e motoristas, mas também melhora a qualidade de vida e a renda do caminhoneiro”, disse o CEO da Vector, Javier Maciel, em nota.

Em pouco mais de um ano, desde que foi implantado na operação da Bunge, o Vector possibilitou a digitalização de praticamente todo o processo de contratação de fretes da companhia, que movimenta cerca de 25 milhões de toneladas de grãos anualmente no Brasil.

Hoje, os volumes contratados via aplicativo representam 97% de tudo o que a Bunge transporta pelo modal rodoviário no país. No acumulado desde seu lançamento, a ferramenta soma 57,5 mil downloads e 48 mil caminhoneiros cadastrados, tendo viabilizado 557 mil viagens e o pagamento de 2,6 bilhões de reais em fretes.

“A combinação do profundo conhecimento em movimentação de commodities e escala da Bunge com a vocação de serviço, agilidade e capacidade de resposta da Target foram essenciais para o sucesso do aplicativo Vector, que agora se torna uma empresa independente”, destacou o diretor de Logística da Bunge, Makoto Yokoo.

A companhia também tem em seus planos oferecer a motoristas autônomos e pequenos transportadores o acesso a custos mais competitivos para produtos como peças automotivas ou serviços de manutenção e, ainda, serviços financeiros, incluindo financiamento para capital de giro, seguro para cargas e meios de pagamento, disse a Bunge.

(Por Roberto Samora)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.