Agronegócio

Alemanha volta a detectar peste suína africana em javalis; casos chegam a 480

Reuters
Reuters

8 de janeiro de 2021 - 16:56 - Atualizado em 8 de janeiro de 2021 - 17:00

HAMBURGO (Reuters) – O número de casos de peste suína africana (PSA) detectados em javalis selvagens na Alemanha atingiu 480, informou o Ministério da Agricultura do país nesta sexta-feira, indicando que prossegue o surto da doença entre animais selvagens, fator que interrompeu as exportações alemãs de carne suína para a China.

Os casos ocorreram desde o primeiro surto, em setembro de 2020, e foram localizados nos Estados de Brandemburgo e Saxônia, no leste do país, ao redor das áreas das descobertas anteriores, disse o ministério.

No entanto, há um novo caso suspeito em um javali na região de Potsdam, perto de Berlim, acrescentou a pasta. Nenhuma fazenda produtora de suínos foi afetada.

China, Coreia do Sul e Japão proibiram importações de carne suína da Alemanha em setembro de 2020, depois da detecção da PSA. A doença não afeta humanos, mas é fatal para os porcos.

A ministra da Agricultura alemã, Julia Kloeckner, apelou que os produtores evitem que seus animais tenham contato com javalis selvagens e garantam que os animais selvagens não atinjam os alimentos oferecidos aos porcos das fazendas.

(Reportagem de Michael Hogan)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.