Agronegócio

Agricultores argentinos venderam 24,5 milhões de toneladas de soja 2020/21, diz governo

Reuters
Reuters
Agricultores argentinos venderam 24,5 milhões de toneladas de soja 2020/21, diz governo
Plantas de soja em fazenda em Carlos Casares, na Argentina.

13 de julho de 2021 - 15:16 - Atualizado em 13 de julho de 2021 - 15:20

BUENOS AIRES (Reuters) – Agricultores argentinos venderam 24,5 milhões de toneladas de soja para a temporada de 2020/21, após terem sido registradas transações em uma semana de 831,3 mil toneladas, informou o Ministério da Agricultura nesta terça-feira em relatório com dados atualizados até 7 de julho.

O ritmo de vendas da principal safra na Argentina está menor em relação à safra anterior, quando na mesma data haviam sido registradas vendas de 26,9 milhões de toneladas da oleaginosa, segundo informações oficiais.

A safra de soja de 2020/21 da Argentina encerrou o mês passado em 43,5 milhões de toneladas, segundo a Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BdeC), que para a temporada de 2019/20 estimou uma produção de 49 milhões de toneladas.

A Argentina precisa de divisas das exportações para impulsionar sua economia prejudicada, que atravessa um período de estagflação há dois anos, agravado pela pandemia.

Enquanto isso, as vendas da soja de 2021/22 já foram registradas em 1,1 milhão de toneladas, abaixo dos 1,2 milhão registrados na mesma data do ciclo anterior. A semeadura da próxima temporada começa em outubro.

Em relação ao milho, o Governo afirmou que as vendas do cereal para a temporada de 2020/21 foram registradas num total de 32,7 milhões de toneladas, cerca de 2,3 milhões de toneladas a mais do que as registradas na mesma data da campanha anterior.

(Reportagem de Agustín Geist)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6C152-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.