Agronegócio

ADM vê lucro do 1° tri saltar 76% impulsionado por unidade agrícola

Reuters
Reuters

27 de abril de 2021 - 09:25 - Atualizado em 27 de abril de 2021 - 09:30

(Reuters) – A Archer-Daniels-Midland registrou avanço de 76,2% no lucro do primeiro trimestre nesta terça-feira, com a gigante norte-americana de negociação de grãos se beneficiando do crescimento em seus serviços agrícolas e do negócio de soluções de carboidratos.

A unidade de serviços agrícolas e oleaginosas da companhia, a maior em termos de receita, conseguiu ganhos com as robustas exportações dos Estados Unidos e uma forte demanda por grãos para ração, oleaginosas e óleos vegetais, conforme algumas economias pelo mundo gradualmente se abrem depois de lockdowns contra a Covid-19.

“Nós estamos vendo tendências claras e favoráveis de demanda por muitos de nossos produtos, e nós esperamos que esse padrão continue à medida que a aplicação de vacinas acelerar e restrições forem relaxadas”, disse o presidente-executivo da ADM, Juan Luciano, em nota.

Ele também disse que a companhia espera um significativo crescimento anual nos ganhos de todos seus três segmentos de atuação em 2021.

O lucro líquido atribuível à ADM avançou para 689 milhões de dólares no trimestre encerrado em 31 de março, ou 1,22 dólar por ação, contra 391 milhões de dólares um ano antes, ou 69 centavos de dólar por ação.

A receita trimestral avançou 26,2%, para 18,89 bilhões de dólares, superando a expectativa de Wall Street, de 16,38 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7519)) REUTERS LC MPP

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.