Notícias

Agência britânica cita mais 41 relatos de coágulos após vacina da AstraZeneca

Reuters
Reuters
Agência britânica cita mais 41 relatos de coágulos após vacina da AstraZeneca
Frasco da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca em Londres

29 de abril de 2021 - 12:25 - Atualizado em 29 de abril de 2021 - 12:26

LONDRES (Reuters) – A agência reguladora de medicamentos do Reino Unido disse nesta quinta-feira que surgiram mais 41 relatos de coágulos sanguíneos raros após a administração de doses da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca, mas que os benefícios da vacina continuam a superar os riscos para a maioria das pessoas.

Em uma atualização semanal sobre os efeitos colaterais de vacinas contra Covid-19, a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA) disse que houve um total de 209 coágulos com contagem baixa de plaquetas após inoculações com a vacina da AstraZeneca – na semana passada foram relatados 168.

A vacina da AstraZeneca é alvo de análises por causa dos coágulos muito raros, cuja incidência é maior em pessoas mais jovens. Alguns países, como o próprio Reino Unido, recomendam que só pessoas acima de uma certa idade recebam a vacina.

Houve 41 mortes após os coágulos no Reino Unido, disse a MHRA, nove a mais do que na semana passada, mas especialistas dizem que casos históricos podem estar sendo incluídos nos totais e que os coágulos devem continuar sendo um acontecimento raro.

Cerca de 22 milhões de primeiras doses da vacina da AstraZeneca foram administradas em solo britânico. Quatro casos de coágulos raros foram relatados após uma segunda dose, mas a MHRA não disse quantas segundas doses já foram dadas.

(Por Alistair Smout)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3S11F-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.