Notícias

Advogado de Edison Brittes fala sobre o depoimento do suspeito

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

7 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 7 de novembro de 2018 - 00:00

Edison Brittes confessou que matou o jogador Daniel no dia 27 de outubro de 2018 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O suspeito começou a prestar o depoimento nesta quarta-feira (7), por volta das 10h, na Delegacia de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba

Edison Brittes, principal suspeito de matar o jogador de futebol Daniel Correa, iniciou o seu depoimento sobre o crime nesta quarta-feira (7), por volta das 10h, na Delegacia de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Interrogatório deve durar até a noite

De acordo com o advogado do suspeito, Cláudio Dalledone Júnior, o interrogatório de Edison Brittes precisou ter um breve recesso, pois a previsão é que dure até o início da noite desta quarta-feira (7).

Passagens pela polícia

Edison Brittes Junior, de 37 anos, é o principal suspeito de torturar e matar o jogador Daniel Correa, foi preso nesta quinta-feira (1), em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Além dele, a esposa do empresário e a filha, que acaba de completar 18 anos, também foram presas temporariamente. Segundo a polícia, ambas são suspeitas de estarem envolvidas no crime.

A Polícia Civil afirmou nesta quinta-feira (1º) que investiga a participação de mais três pessoas no caso envolvendo o jogador assassinado, Daniel Correa. O principal suspeito de cometer o crime, Edison Brittes Junior, a esposa dele e a filha, foram presos.

Além deste caso, Edison Brittes possui outras passagens pela polícia e já responde por diversos processos desde 2005. Veja os casos!

Exame toxicológico

Nesta terça-feira (6), por volta das 16h, foi concluído o exame de toxicologia do jogador de futebol Daniel Correa, encontrado morto em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

O exame foi realizado pelo Instituto Médico Legal de Curitiba (IML), que detectou um teor de 13,4dg/l (treze decigramas e quatro décimos de decigrama por litro) no sangue de Daniel Correa.

Assista à reportagem sobre o caso Daniel Correa:

O repórter Ricardo Vilches, da RICTV Curitiba, traz as últimas informações. Veja!

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.