Notícias

Adolescente morre após explosão de churrasqueira, em Colorado

Ana Carolina ficou 20 dias internada, mas não resistiu

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Adolescente morre após explosão de churrasqueira, em Colorado
Acidente aconteceu no dia 8 de setembro (FOTO: REPRODUÇÃO/ FACEBOOK)

29 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:18

A jovem Ana Carolina Defendi de Oliveira morreu nesta sexta-feira (27), após ficar 20 dias internada no Hospital Universitário (HU), de Londrina, no norte do Paraná. A adolescente teve 40% do corpo queimado após uma explosão na churrasqueira durante um churrasco, na cidade de Colorado.

O acidente com o fogo ocorreu no dia 8 de setembro. Desde então, Ana Carolina estava internada e realizando tratamentos para recuperação.

Acidente no norte do Paraná

Segundo informações da família, no momento do acidente, Ana Carolina estava segurando um recipiente com álcool durante um churrasco, em uma residência em Colorado. Logo em seguida a explosão, a adolescente foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Santa Clara.

Entretanto, em razão da gravidade das queimaduras, a adolescente foi levada para o HU em Londrina. Foram 20 dias de tratamento, porém, Ana Carolina não resistiu.

morre explosao churrasqueira

Ana Carolina tinha 17 anos (FOTO: REPRODUÇÃO/ FACEBOOK)

Acidente com churrasqueira

Esta é a segunda vítima fatal de acidentes com churrasqueiras nos últimos 15 dias no Brasil. No último dia 16, Natali Steffani Martins Iligaray, de 22 anos, morreu após ter 98% do corpo queimado na cidade de Vera Cruz, em São Paulo.

A suspeita é que o uso de álcool líquido tenha ocasionado a explosão (FOTO: REPRODUÇÃO)

O marido da vítima também teve 35% do corpo queimado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.