Notícias

Adolescente confessa ter matado menina de 7 anos em Araucária

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

23 de fevereiro de 2017 - 00:00 - Atualizado em 23 de fevereiro de 2017 - 00:00

Sthefane foi morta com um tiro na cabeça (Foto: Reprodução)

Sthefane teve um ferimento grave na cabeça; inicialmente, os garotos disseram que uma bombinha havia explodido no rosto dela

Um adolescente de 15 anos disse à Polícia Civil nesta quinta-feira (23) que matou Sthefane Maíra Alves dos Santos, de 7 anos, com um tiro acidental. A menina morreu na tarde de quarta-feira (22), na casa onde morava com a irmã em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. O adolescente é sobrinho da vítima.

Sthefane brincava com os dois sobrinhos adolescentes, um de 14 e outro de 15 anos, quando foi ferida na cabeça. Inicialmente, os garotos disseram que uma bombinha explodiu no rosto da menina, mas o laudo do Instituto Médico Legal (IML), atestou que a criança foi vítima de um disparo de arma de fogo.

O adolescente foi apreendido em flagrante algumas horas depois do incidente ao confessar que bateu com uma pedra na cabeça da vítima porque estaria “irritado” com ela. Segundo o delegado de Araucária Cassiano Alfiero, responsável pelas investigações, ao confrontar o jovem com o laudo do IML, ele assumiu que deu um tiro acidental na criança e contou onde havia escondido a arma, uma espingarda 0.40.

O delegado afirmou que o adolescente não tem passagens e a polícia continua as investigações para confirmar o depoimento.

O corpo de Sthefane será sepultado às 17h desta quinta-feira (23), no Cemitério Jardim Independência, em Araucária.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.