Mirian
Mirian Villa

16 de setembro de 2019 - 00:00

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:36

Notícias

Acidente na BR-277: passageira morre após ser ejetada em capotamento

Segundo testemunhas, as vítimas voltavam de uma festa e o motorista do carro estava embriagado

Acidente na BR-277: passageira morre após ser ejetada em capotamento
O carro estava em alta velocidade quando causou o acidente na BR-277 (Foto: Diogo Cordeiro/RICTV Record TV)

Um acidente na BR-277, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, deixou uma pessoa morta e outras duas feridas na noite deste domingo (15). De acordo com uma testemunha, o condutor do veículo estava alcoolizado.

Motorista embriagado provoca acidente na BR-277

Segundo testemunhas, o motorista do veículo vermelho transitava em alta velocidade quando provocou o acidente na BR-277. Ele perdeu o controle da direção, quase colidiu em uma motocicleta e destruiu o guard rail. Em seguida, o carro capotou e caiu em um barranco.

“Escutamos o barulho e viemos correndo ver o que tinha acontecido. Fomos tentar olhar no carro e uma moça não tinha pulsação. Então, a outra moça a gente tentou estabilizar as vias aéreas e as via cervical e ficamos aguardando até o momento que eles [socorristas] chegaram”, contou a técnica de enfermagem que foi testemunha do acidente.

No carro estava o condutor -que foi socorrido em estado grave- e outras duas passageiras. Uma delas foi ejetada do automóvel e morreu no local. A segunda passageira é uma gestante e foi socorrida com ferimentos moderados.

A técnica de enfermagem ainda afirmou que o condutor do veículo estava visivelmente embriagado e provocou o acidente na BR-277. “Ele estava bem agitado e bem confuso…foi bem difícil estabilizar ele. Ele estava bem alcoolizado, então, já deu para perceber o motivo do acidente, né.”

acidente-br-277-um-morto-dois-feridos

O carro tombou em cima da passageira que estava sem cinto (Foto: Diogo Cordeiro/RICTV Record TV)

Vítimas voltavam de festa

A informação das testemunhas, sobre a alta velocidade do automóvel, foi confirmada pelos agentes da PRF. “O carro vinha em alta velocidade e ele, literalmente, arrancou a proteção e acabou parando no barranco. Na capotagem, um dos ocupantes estava sem cinto, e foi projetada para fora do veículo e o carro acabou tombando em cima dela”, disse o inspetor Lang.

Segundo amigos que foram até o local do acidente, o trio voltava de uma festa. As vítimas foram levadas para hospitais de Curitiba. E o corpo da jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.