Notícias

Acidente entre ônibus do transporte coletivo e trem deixa 25 feridos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

18 de dezembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 18 de dezembro de 2018 - 00:00

Com o forte impacto, o condutor do transporte coletivo fraturou o fêmur (Foto: Marco Pires/Colaboração)

Para os policiais, o maquinista disse que o trem seguia sentido Capão da Imbuia, quando foi atingido pelo ônibus; o condutor transporte coletivo afirmou que não escutou aviso sonoro

Um grave acidente envolvendo um ônibus do transporte público e um trem deixou 25 pessoas feridas na manhã desta terça-feira (18), no bairro Cajuru, em Curitiba. Com o forte impacto, o condutor do ônibus fraturou o fêmur.

Ônibus é arrastado por trem no bairro Cajuru

Segundo a Polícia Militar (PM), o acidente aconteceu por volta das 5h30 e, aproximadamente, 20 carros de bombeiros e de socorristas foram atender a ocorrência. A vítima considera mais grave é o motorista, mas, mesmo assim, o estado não é considerado grave.

As outras vítimas sofreram escoriações e foram atendidas no local, outras com fraturas foram encaminhadas para hospitais da cidade. Mas, por sorte, nenhuma corre risco de morte. O trânsito na via ficou complicado no início da manhã, mas foi liberado por volta das 8h, para a retirada do ônibus do transporte coletivo, que fazia o itinerário Vila Reno, do trilho do trem.

Para os policiais, o maquinista disse que o trem seguia sentido Capão da Imbuia, quando foi atingido pelo ônibus. O condutodo transporte coletivo seguia em direção ao Uberaba e afirmou que não escutou aviso sonoro.

A frente do ônibus ficou completamente destruída com o impacto (Foto: Colaboração/RICTV)

Segundo nota de imprensa da Rumo, o maquinista acionou os procedimentos de emergência, mas não foi possível parar a tempo. “O abalroamento ocorreu devido à imprudência do motorista, que tentou cruzar a ferrovia no momento em que o trem se aproximava. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a linha férrea é sempre preferencial, sendo obrigatório que os veículos parem e se certifiquem de que não há trens se aproximando antes de efetuar o cruzamento. Atravessar uma passagem em nível (PN) sem antes parar é infração gravíssima.”