Notícias

Centenas de pessoas comparecem ao velório das vítimas de acidente com caminhonete

Os corpos das seis pessoas são velados em um ginásio de esporte; a Prefeitura Municipal de Doutor Ulysses decretou três dias de luto oficial pela tragédia

Caroline
Caroline Berticelli / Editora

15 de outubro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 15 de outubro de 2019 - 00:00

Centenas de pessoas compareceram ao velório das seis vítimas fatais do acidente com uma caminhonete em Doutor Ulysses, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (15). Mais de 20 pessoas ficaram feridas na tragédia que ocorreu no último domingo (13). 

A cerimônia ocorre no ginásio de esportes de uma escola estadual na Estrada do Turvo e os sepultamentos devem começar a partir das 15h. 

O clima é de consternação no município de cerca de 6 mil habitantes. “Foi forte pra nós, o que não era parente, era tudo vizinho, tudo conhecido”, contou Bento Cordeiro, que perdeu dois sobrinhos. 

A Prefeitura Municipal decretou três dias de luto oficial.

Quem são os mortos do acidente com a caminhonete

  • Valdomiro dos Santos, de 64 anos;
  • Lucas Timoteo Rosner Cavalheiro, de 18 anos;
  • Assis Roser Cavalheiro, de 40 anos, pai de Lucas;
  • João Maria Rosner, de 52 anos, tio de Assis;
  • Rosenilda Almeida de Oliveira Ferreira, de 33 anos; 
  • Eliziane Timoteo Cordeiro, de 36 anos; 

Acidente com caminhonete em Doutor Ulysses

O acidente aconteceu em uma curva da PR-092, no quilômetro 124, um trecho sinuoso e de difícil acesso na área rural de Doutor Ulysses. O caminhão onde estavam as vítimas seguia para Cerro Azul e levava cerca de 30 pessoas que haviam participado de um culto evangélico. Homens, mulheres e crianças, estavam acomodados na cabine e na carroceria do veículo

Seis pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas no acidente com a caminhonete. (Foto: Divulgação/PRE)

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista perdeu o controle do caminhonete e o veículo despencou na ribanceira, com mais de 40 metros. Ainda não é possível saber exatamente causou o acidente, se foi excesso de velocidade, má conservação da estrada ou algum outro fator. 

Irregularidades

Até o momento, a PRE apontou três infrações de trânsito gravíssimas envolvendo o veículo e o condutor. São elas: 

  1. transporte de passageiros em compartimento de carga do veículo;
  2. motorista estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida;
  3. caminhonete com licenciamento vencido

Luiz Cavalheiro, proprietário da caminhonete, pai de Assis Roser Cavalheiro, avô de Lucas Timoteo Rosner Cavalheiro e irmão de João Maria Rosner, todos mortos do acidente, deverá ser ouvido pela Polícia Civil ainda nesta terça-feira. 

Vítima gravou áudio minutos após tragédia

Em um áudio, enviado para um familiar, uma mulher que estava na carroceria do caminhão e sobreviveu enviou uma mensagem de áudio informando o que havia ocorrido

“Nós estávamos vindo da igreja, estava umas trinta pessoas, contando com as crianças. Aí ele se perdeu na curvona e caiu…tem bastante gente machucada, tem uns até que morreu, mas não sabemos quem é”, disse a vítima.