Segurança

“Acabou a minha felicidade”, diz esposa de homem morto por pedreiro na CIC

A esposa de Wesley dos Santos conversou com exclusividade com a reportagem da RIC Record TV Curitiba

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Lucio André, da RIC Record TV Curitiba
“Acabou a minha felicidade”, diz esposa de homem morto por pedreiro na CIC
(Foto: Reprodução/RIC Record TV)

7 de maio de 2021 - 12:59 - Atualizado em 7 de maio de 2021 - 12:59

Um homem de 28 anos foi morto pelo pedreiro que trabalhava em sua casa na última quarta-feira (5), na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Wesley dos Santos Alves foi atingido por pelo menos seis tiros quando estava na garagem de casa. Agora, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) está em busca do suspeito de cometer o crime.

Segundo as investigações, ele não havia terminado o trabalho na residência, o que gerou um desentendimento com a vítima. Por isso, de acordo com a polícia, o suspeito matou Wesley e fugiu do local.

O suspeito é foragido desde 2015 (Foto: Divulgação/Polícia Civil).

Ainda conforme a polícia, o suspeito tem mandado de prisão em aberto e está foragido do sistema penitenciário desde 2015.

A PCPR pede que a população ajude com informações que auxiliem na localização do procurado. As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou pelo (44) 3227-6213, diretamente à equipe de investigação 0800-643-1121.

Esposa fala sobre a morte

Em entrevista exclusiva ao repórter Lucio André, da RIC Record TV Curitiba, a esposa de Wesley, que está grávida de cinco meses, contou o que aconteceu antes do crime.

“Tinha sobrado só o banheiro para ele terminar. Ele falou ‘Só termina o banheiro para mim e deu’. E esse cara ficou mais de uma semana para terminar o banheiro e nada. Meu marido (…) falou: ‘olha, Cleiton, eu nem quero que você coloque a mão na obra e quero que você me devolva o restante do dinheiro porque eu vou passar pra outro pedreiro terminar. (…) Meu marido falou que ele tava (sic) armado mas a gente não deu muita moral”,

disse a mulher, que preferiu não se identificar.

Segundo a reportagem exibida nesta sexta (7) no Balanço Geral Curitiba, o menino terá o mesmo nome do pai.

Na entrevista, a esposa de Wesley lamentou a morte dele e relatou sua felicidade ao longo de menos de um ano de casamento. “Acabou a minha família, acabou a minha felicidade, acabou (sic) os nossos planos. A gente era muito feliz”, afirmou.