Agronegócio

Abic realiza premiação dos melhores grãos da safra 2018/19 no dia 1º de outubro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

19 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 19 de setembro de 2019 - 00:00

São Paulo, 19 – A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) realizará a premiação Melhores da Qualidade 2018/2019 no Dia Internacional do Café, celebrado em 1º de outubro, no Hotel Renaissance, em São Paulo (SP). A premiação foi criada em 2006 e é um reconhecimento de sucesso certificando excelência em produto e qualidade, informa a Abic, em comunicado.

“Percebemos o movimento do mercado e novas empresas surgindo com foco em melhorar a qualidade da bebida que oferecem ao consumidor. Por isso, optamos por ampliar para empresas de pequeno, médio e grande porte, nas categorias Tradicional, Extraforte, Superior e Gourmet e valorizar as marcas que usam nossa certificação na embalagem, pois auxiliam a entidade a promover a educação para o consumo”, informa no comunicado o presidente da Abic, Ricardo Silveira.

A seleção das empresas é feita de acordo com o monitoramento realizado pelo Programa da Qualidade do Café (PQC), realizado a partir de coletas de aproximadamente 5 mil amostras de café em prateleiras de supermercados, empórios, panificadoras e padarias.

“É um processo amplo, que envolve mais de 30 técnicos especializados em avaliação da qualidade do café e utiliza três laboratórios credenciados. Neste ano atingimos mais de 1000 marcas e certificadas pelo programa!”, explica Silveira.

As amostras são encaminhadas para laboratórios e avaliadas sensorialmente em uma escala de 0 a 10 pontos, em que o nível mínimo de qualidade do café deve ser 4,5 pontos. E os melhores cafés têm qualidade acima de 7,3 pontos.

O presidente explica que a Abic se preocupa também com toda a cadeia de café e por isso avalia muito além de atributos sensoriais como a fragrância do pó, o aroma da bebida, a acidez, o amargor e etc. “Nos preocupamos com as boas práticas de fabricação em todo os seus processos de industrialização, com a sustentabilidade das etapas e as notas constantes, em todas as análises periódicas do PQC”, conclui Silveira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.