Notícias

Não se confunda: veja diferenças entre as alergias e os sintomas do coronavírus

Lucas
Lucas Sarzi Com informações da Agência Brasil
Não se confunda: veja diferenças entre as alergias e os sintomas do coronavírus
Foto: Ilustrativa/GettyImages.

23 de março de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:50

Além da pandemia do novo coronavírus, estamos em época de estiagem. Sem chuva, o tempo seca e as alergias, como as crises de rinite, começam a ficar mais fortes e isso pode facilmente ser confundido com os sintomas do coronavírus. A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai) divulgou um alerta para que a população saiba identificar o que tem e não confunda as alergias típicas do Outono com sintomas provocados pelo novo vírus.

A primeira dica é bem básica, mas muito importante: alergia não provoca febre. De acordo com o documento, com a estação, que começou na última sexta-feira (20) no Brasil, o ar tende a ficar mais seco e as pessoas podem sentir obstrução nasal, coceiras no nariz, ouvido e garganta, ter mais tosse, espirros, coriza e até falta de ar.

LEIA TAMBÉM: Coronavírus: Boas notícias sobre a epidemia que assola o mundo

A associação lembra que rinite e asmasão as doenças mais comuns nessa época do ano” por causa do ar seco e frio que pode irritar as vias respiratórias. Nestes casos, o tratamento deve ser orientado por médico especialista que pode prescrever medicamentos como anti-histamínicos com ou sem descongestionantes, broncodilatadores e corticoides. Não é aconselhada a automedicação.

Gripes, resfriados e coronavírus

Conforme o material do Ministério da Saúde, as pessoas podem sentir febre em casos do novo coronavírus e de gripe, mas raramente vão ter febre em resfriados. Já os espirros são comuns em resfriados e raros tanto em gripes quanto o covid-19. Veja mais algumas dicas:

– Nariz entupido: é frequente em resfriados, pode ser presente em gripes, mas é mais difícil em casos do novo coronavírus;

– Dores de cabeça: são raras em resfriados, comuns em gripes e podem até surgir em infecções pelo novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM: Teste da tinta guache: vídeo ensina como lavar as mãos de forma correta

Conforme o alerta da Asbai, é importante que as pessoas se atentem a todos os efeitos possíveis que venham a sentir. Em casos de sintomas correspondentes ao novo vírus, devem ser seguidas as orientações do Ministério da Saúde e procurar posto de saúde para obter orientação médica.