Meio Ambiente

Ultrassom em árvores? Maringá deve contratar aparelho para verificar saúde das plantas

Com o equipamento, os técnicos conseguem saber em tempo real se a planta está oca ou podre

Renan
Renan Vallim / Repórter
Ultrassom em árvores? Maringá deve contratar aparelho para verificar saúde das plantas
Demonstração do equipamento foi realizada nesta segunda-feira (4) | Foto: Reprodução/RICtv

6 de julho de 2022 - 05:50

A Prefeitura de Maringá deverá contratar uma empresa para realizar exames e verificar a saúde das árvores da cidade. A empresa irá utilizar um equipamento que realiza uma ultrassonografia e verifica a integridade das plantas.

O equipamento foi apresentado nesta segunda-feira (4) pela empresa responsável, de Recife (PE), que realizou uma demonstração do uso. O aparelho fica preso em volta do tronco e usa ondas sonoras para fazer um diagnóstico completo da árvore.

Com o equipamento, os técnicos conseguem saber em tempo real se a planta está oca ou podre. Desta forma, é possível garantir com exatidão se a árvore precisa ou não ser cortada, evitando assim acidentes.

O custo para o diagnóstico é de aproximadamente R$ 400 para cada árvore. A prefeitura pretende, em um primeiro momento, realizar a contratação dos serviços para 200 árvores em toda a cidade, totalizando um investimento de R$ 80 mil.

Segundo a empresa, este serviço já é realizado em cidades como Natal (RN), Salvador (BA) e Piracicaba (SP). Atualmente, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Maringá contabiliza 16 mil pedidos de remoção de árvores. Destas, cerca de 3 mil já possuem os laudos autorizando a remoção ou poda.

Área em vermelho mostra que árvore apresenta algum problema: diagnóstico em tempo real | Foto: Reprodução/RICtv