Literatura

Cinco obras da editora da UEL, em Londrina, concorrem ao Prêmio Jabuti 2022

As obras vão concorrer a um dos prêmios mais prestigiados de literatura no Brasil

Maria Eduarda
Maria Eduarda Paloco / estagiária com informações de Universidade Estadual de Londrina
Cinco obras da editora da UEL, em Londrina, concorrem ao Prêmio Jabuti 2022

27 de julho de 2022 - 06:45 - Atualizado em 27 de julho de 2022 - 09:27

Cinco obras da editora da Universidade Estadual de Londrina, no Norte do Paraná (Eduel) foram classificadas para concorrer ao 64º Prêmio Jabuti – Edição 2022, da Câmara Brasileira do Livro (CBL). O autor premiado deve receber o valor bruto de R$100 mil e o troféu jabuti especial.

Na categoria de Ciências Humanas concorrem as obras “Nos bastidores do Cinema: a trajetória do papel às telas no filme primo Basílio”, de Eva Cristina Francisco; “Bob Wilson: por trás do olhar de um surdo e da voz-pensamento de um autista”, de Lucas de Almeida Pinheiro; e “Publicidade Marginal: funcionamento e efetividade argumentativa”, de Antônio Lemes Guerra Junior.

Já na categoria de Ilustração, concorre “Por hora, cadeira de rodas”, de Lorenzo Cruz Coneglian & André Luis Onório Coneglian. A obra “Do Ser ao Viver”, de François Jullien, traduzido por Maria Luiza Berwanger da Silva, concorre na categoria Tradução.

“As obras selecionadas são o retrato do nosso potencial editorial e demonstram o trabalho cuidadoso que é desenvolvido pela equipe durante todo o processo de editoração e publicação dos livros”

afirma o diretor da EDUEL, Gilmar Aparecido Altran

Prêmio Jabuti

O Prêmio Jabuti é um dos prêmios literários mais prestigiados no Brasil. Ele foi criado em 1958, com o objetivo de valorizar escritores e profissionais da criação. Todos os anos, editorias e escritores independentes inscrevem suas obras para competir pelas estatuetas.

A competição é formada por quatro eixos: Literatura, Não-Ficção, Produção Editorial e Inovação. Cada uma delas é composta por variadas categorias. Além do premio para o escritor, a editoria da obra também recebe uma estatueta.