Internacionais

Polícia Nacional do Paraguai impede tentativa de resgate de Marcelo Piloto

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de outubro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 24 de outubro de 2018 - 00:00

Polícia Nacional do Paraguai impede tentativa de resgate (Foto: Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação)

A operação aconteceu na madrugada desta quarta-feira (24), na cidade de Presidente Franco, cerca de 10km da fronteira com o Brasil

A Polícia Nacional do Paraguai e a Interpol conseguiram impedir a tentativa de resgate de um dos supostos líderes da facção Comando Vermelho, do Rio de Janeiro, Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, mais conhecido como Marcelo Piloto, na madrugada desta quarta-feira (24).

Policiais invadiram uma residência

Para impedir a tentativa, os policiais invadiram uma residência localizada na rua Miguel Medina, na segunda avenida, na área cinco em Presidente Franco, cerca de 10km da fronteira com o Brasil.

Durante a operação, três membros suspeitos de integrarem o mesmo grupo com base no Rio de Janeiro foram mortos, e no local foram apreendidos um rifle ak-47, uma pistola 9mm, uma pistola 56, cerca de 80kg de explosivos em gel, diversos miguelitos, cabo detonador, equipamento de rádios de comunicação e dois veículos com registro paraguaio, sendo que um deles havia em seu interior os explosivos.

Explosivos encontrados (Foto: Divulgação Polícia Nacional do Paraguai)

De acordo com os especialistas que ajudaram na ação, os explosivos poderiam causar danos em um raio de até 150 metros. Dessa forma, o veículo com os explosivos foi levado para uma área rural da cidade de Cedrales, e detonado na sequência.

Polícia já investigava a facção

De acordo com o ministro do Interior, Juan Ernesto Villamoyor, é muito claro que os objetivos dos homens era resgatar Marcelo Piloto, que está sendo mantido preso em Assunção.

Na tentativa, os criminosos colocaram placas paraguaias em dois veículos de origem brasileira. E, de acordo com o ministro, a intenção era mover o carro com os explosivos com um guindaste.

Conheça quem é Marcelo Piloto

Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, mais conhecido como Marcelo Piloto, é um dos supostos chefes da facção Comando Vermelho, uma das mais procuradas do Brasil.

Piloto é suspeito de comandar o tráfico de drogas, roubos, assaltos à mão armada, assassinatos, associação criminosa, além de ser conhecido como um dos maiores fornecedores de armas e drogas que o Brasil já teve.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.