Inova RIC

Alimentação saudável: o doce sabor da inovação

Nossa maior riqueza e sem ela não somos nada, saúde e bem estar deve ser prioridade para todos

Kauana
Kauana
Alimentação saudável: o doce sabor da inovação

5 de maio de 2021 - 08:51 - Atualizado em 15 de junho de 2021 - 09:58

Ter uma alimentação saudável deveria estar no cardápio de todos. Mais do que apenas se alimentar nos horários certos, comer frutas e tomar bastante água, uma alimentação saudável é o consumo das vitaminas e suplementos específicos que geram melhor disposição e suprem nossas necessidades diárias.

A ação de se alimentar é questão de nutrir ou intoxicar nossas células, gerar energia e suprimentos para nosso melhor rendimento corporal e mental. Alimentação saudável não é regrar dietas e consumir alimentos de baixas calorias, com menos açúcar e gordura. É criar os hábitos de ingerir somente alimentos benéficos para saúde. 

Nossa saúde depende diretamente do que consumimos e apresentamos a nosso corpo. O que entra nele impulsiona nossas funções cerebrais e desperta no cérebro reações que compactuam com o alimento ingerido. Só alcançamos tanta evolução e inovações em nossa humanidade devido aos nutrientes que moldaram nossas mentes.

Assim, podemos considerar como inovação alimentar o processo desde o princípio onde descobrimos maiores fontes de energia até os dias atuais, quando combatemos diversas doenças que são causadas pelo consumo excessivo de compostos que estão na maioria dos alimentos.

As transformações inovadoras previstas no ramo da saúde alimentar são promissoras e com elas podemos combater o consumo de alimentos prejudiciais ao nosso bem estar.

Essa inovação só é completa quando chega de forma viável nas mãos do consumidor, dando a ele total possibilidade de compra e uso dos alimentos voltados a uma saúde melhor. A inovação precisa estar disponível para qualquer classe e que alcance todos os segmentos do mercado.  

Estratégias que geram a inovação para alimentação saudável 

Para muitas organizações inovar é uma complexidade, uma tortura e uma ação conhecida, mas muito mal definida pelas empresas. Ao se intitular inovador é necessário que o mercado e seu cliente o intitulem também. Inovar não é apenas abrir uma sala colorida e reproduzir ações disruptivas, é preciso sim impactar o mercado, e a inovação poderá causar esse impacto com simples ações do cotidiano. 

Se desprendendo dos paradigmas de que tudo o que é bom e gostoso, é caro, encontramos no mercado pessoas que nos dizem o contrário. Waldemiro, founder e CEO Super Saúde, nos mostra que é possível sim desenvolver um produto saboroso, nutritivo e que seja barato para todos consumidores.

Inovação para a gente entra nos mínimos detalhes, de fazer o básico bem feito.

Waldemiro P. – Founder & CEO Super Saúde

Sua empresa está na vanguarda dos grandes marcos de inovação alimentícia. No Brasil, foram os primeiros a desenvolver um produto com 100% das vitaminas C,D e Zinco.

Com o gancho da pandemia produziram a primeira embalagem do mundo que vira máscara. E mesmo ao lado de grandes tecnologias, Waldemiro nos conta que o sucesso do sabor de seus alimentos só acontece por conta da forma híbrida de trabalho que acontece em sua empresa. 50% máquina e 50% pessoas.

A ferramenta da tecnologia deve ser usada para o que ela serve, deixando o que é essencial para a mão do ser humano. Tem coisas que a máquina não tem como nos substituir.

Kauna Yrina – CEO da Condor Connect

Grandes feitos da inovação são medidos por seus poderes disruptivos e também por sua capacidade de solucionador os impasses do consumidor e do mercado. A inovação reinventa, redireciona e realinha o mindset pessoal e de toda empresa. Por ser livre, a inovação só precisa de suas próprias atitudes para se consolidar.

Já o produto inovador, esse deve estar nas mãos e caber no bolso de qualquer classe social, além de encantar, para que esteja nos lares do público de forma universal.  

A inovação é caminho, a solução e o futuro

Dirigidos por uma cultura organizacional conservadora e altamente fechada para a inovação, a mente de nossa civilização é moldada todos os dias com ações retrógradas, que não correspondem ao que se espera do futuro das empresas.

Somos militarizados pela cultura de empresas tradicionais que reprimem a inovação que está em cada um de nós, não permitindo espaço para a criatividade que os colaboradores podem oferecer. 

Partindo do princípio de que para estar inovando é preciso uma mudança de pensamento e hábitos, o convite é feito para todos, e a empresa deve fornecer o suporte ideal para obter a inovação. Implementar cursos, palestras e setores que fomentem o ecossistema de inovar. 

A inovação mostrou na pandemia o quanto pode salvar uma empresa em tempos de crises econômicas, pode realocar a posição do empreendedor e guiá-lo para o sucesso.  

Acompanhe nosso bate-papo completo:

Ou se preferir, ouça como podcast:

Surgiu um projeto inovador e não sabe onde executá-lo? Entre em contato com a nossa aceleradora Condor Connect para fomentar sua inovação através do e-mail oi@condorconnect.com.br. Agende uma oportunidade de dar vida a suas ideias.  Não perca a chance de fazer acontecer! 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.