Inova RIC

A importância da inovação incremental em tempos de pandemia

Em um tempo escasso de oportunidades e de grandes dificuldades financeiras, a inovação se torna o maior e principal recurso

Kauana
Kauana
A importância da inovação incremental em tempos de pandemia

17 de maio de 2021 - 10:52 - Atualizado em 15 de junho de 2021 - 09:51

A inovação é múltipla e diversificada, encontramos elas agindo de diferentes formas nas empresas. Tudo depende dos projetos e ideias que vão se encaixar com as faces da inovação. As mais conhecidas e utilizadas são a inovação incremental e a radical. 

A inovação incremental faz parte do nosso dia a dia inserindo ações novas a um projeto já existente. Exemplo são os smartphones que a todo momento estão se atualizando e sofrendo alterações desde de seu primeiro projeto. Já a inovação radical, ela compactua com a disrupção, provendo ao mercado uma quebra de paradigmas em tudo aquilo que ele já se conhece. 

A exemplo de inovações radicais estão a internet, o automóvel e até o smartphone, em seu início. Nos tempos atuais a inovação incremental atua com muito mais força, mas ainda sofremos grandes disrupções no mercado. É o caso da Uber que encontrou uma deficiência no mercado de transportes e o supriu com inovações disruptivas. 

Em tempos de pandemia já fomos pegos por uma grande disrupção natural do mercado e dos próprios consumidores, logo, foi preciso adicionar novos horizontes para o que já tínhamos em mãos. Reinventar e se transformar foi o melhor caminho e solução para os empreendedores e empresas impactadas por essa crise, assim, inovando e adicionando incrementos a seus produtos e corporação.

Para mim, inovação é paixão, sonho e capacidade de mudar o mundo.  Quem inova tem olhar de magnitude, quem inova tem propósito e se arrepia quando vê uma necessidade não atendida. Quem inova tem uma capacidade muito grande de ter um olhar não apenas para o seu umbigo, mas um olhar macro.

José Nascimento – Mentor, Consultor, Jornalista, Autor e Professor

De fato, o que é inovação incremental? 

Basicamente, para pensar em inovação incremental, é só associá-la a tudo que venha a acrescentar uma funcionalidade ou melhorar algo já existente no mercado. 

Ela vai desde aquelas transformações de nossos celulares, que já comentamos, até os novos veículos Tesla, altamente tecnológicos, que não agridem o meio ambiente e que automatizam as funções humanas, transformando motoristas em passageiros.

Por mais que pareça fácil e alcançável, para implantar a inovação incremental dentro da empresa é preciso muito cuidado, pois nem sempre uma nova função poderá gerar de fato uma melhoria. É preciso conhecer bem qual ponto quer atingir com os novos incrementos. 

Mas a inovação incremental é simples, podemos encontrá-la em pequenas ou grandes ações, como mudando a forma de tratamento ao seu cliente, colocando sobre a empresa uma nova maneira de conexão com o mercado e até mesmo atribuindo novas funções dentro da operação. Certo é que a inovação incremental acontece todos os dias.

A definição base da inovação incremental é atribuída ao mercado como um produto novo ou uma tendência que surge com intenções de melhoria aos atuais, aperfeiçoando tecnologias, produções e ações já existentes. 

Percebemos que a inovação está na moda, e a pergunta que toda pessoa precisa fazer é: pra que eu quero inovar? Não porque. Infelizmente essa pergunta muitas empresas e empreendedores não fazem.

Kauana Yrina – CEO da Aceleradora Condor Connect

E inovação disruptiva, como definí-la?

A disrupção nada mais é do que um fenômeno de mudança que chega às mãos do cliente surpreendendo, impressionando a ponto dele esquecer o que havia antes no mercado e se maravilhar com a inovação imposta. Mais especificamente a inovação disruptiva é quando as grandes companhias ou pequenas empresas promovem e geram grandes alterações, acarretando mudanças significativas para o mercado e cliente. 

Vemos a disrupção tanto no passado, quanto nos dias atuais. Antes fomos até a lua e promovemos essa disrupção, agora, um pouco mais tarde, estamos desbravando o universo cada vez mais e já pousamos em nosso vizinho Marte! 

Grandes mudanças causam grandes transformações, esse é o lema da disrupção e ela sempre irá nos surpreender, encantar e nos privilegiar de feitos gigantescos em prol do desenvolvimento humano e tecnológico.

Pense na inovação disruptiva como a maior ação de rompimento ao tradicional e ao que já acomoda as pessoas. 

Acompanhe abaixo os principais formatos de inovação:

1 – Inovação em modelo de negócio.

2 – Inovação de processo.

3 – Inovação organizacional.

4 – Inovação em marketing.

5 – Inovação em produto.

6 – Inovação em serviços.

7 – Inovação incremental.

8 – Inovação radical. 

Acompanhe nosso bate-papo completo:

Ou se preferir, ouça como podcast:

Surgiu um projeto inovador e não sabe onde executá-lo? Entre em contato com a nossa aceleradora Condor Connect para fomentar sua inovação através do e-mail oi@condorconnect.com.br. Agende uma oportunidade de dar vida a suas  ideias.  Não perca a chance de fazer acontecer!

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.