Infraestrutura

Moradores do bairro Boqueirão reclamam de asfalto há 20 anos

A Prefeitura de Curitiba afirmou que a Rua Izabel Gomes Posselt não consta na relação de vias que serão alcançadas com a nova fase do programa de pavimentação da cidade

Mônica
Mônica Ferreira / Produtor Jr com informações de Vanessa Fontanella, da RICtv
Moradores do bairro Boqueirão reclamam de asfalto há 20 anos
(Foto: Reprodução/RICtv)

14 de abril de 2022 - 16:22 - Atualizado em 14 de abril de 2022 - 16:22

Moradores da Rua Izabel Gomes Posselt, no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba, relataram à equipe RICtv uma série de descontentamentos na região. De acordo com a reportagem, uma das questões é a condição do asfalto, que incomoda os moradores há 20 anos.

A rua possui uma subida que dá acesso a um condomínio, porém, a quantidade de buracos dificultam o percurso dos moradores. “Essa rua está completamente esburacada e não é feito reparo porque diz não estar catalogada na prefeitura, como se ela não existisse. Nesse condomínio nós somos em média cerca de 1.400 moradores“, conta Natalício Ferreira.

Outra moradora diz que muitos pedidos de manutenção foram feitos à Prefeitura de Curitiba, mas existe “um jogo de empurra, ninguém é dono do pedaço, ninguém é dono da rua”.

Os moradores também reclamam da dificuldade para se locomover com os veículos.

“Não tem carro que suporte subir essa rua, pode ser o melhor carro do mundo, não tem condição porque o tamanhos dos buracos vem aumentando por falta desse manutenção”,

afirma Kethy Zela.

Sem saída

A rua é sem saída, mas os moradores utilizam um trecho que passa pelo Bosque Reverendo Elias Abrahão e dá acesso aos comércios do bairro.

“Mais ou menos 90% dos moradores que utilizam a passagem para pedestre, usam mais aqui do que a própria ciclovia que foi feita na entrada principal do condomínio”,

comenta Viemar Ferreira Pinto.

Segundo a reportagem, o Bosque Reverendo Elias Abrahão também não recebe atenção, a falta de poda nas árvores preocupa, pois os galhos crescem em direção a fiação elétrica e algumas árvores oferecem riscos.

“A Copel já nos notificou por causa disso, porque a hora que cair os galhos nós vamos ficar sem energia. Já fizemos vários protocolos na prefeitura, mas não recebemos respostas”,

desabafa Luiza Ferreira.

Os próprios moradores do condomínio fizeram reparos, mas contam que não possuem a mão de obra e os recursos que a Prefeitura pode oferecer.

A equipe do Balanço Geral Curitiba entrou em contato com a Prefeitura de Curitiba, que afirma que a Rua Izabel Gomes Posselt não consta na relação de vias que serão alcançadas com a nova fase do programa de pavimentação da cidade.

Confira a nota na íntegra:

No momento a rua Izabel Gomes Posselt, no Alto Boqueirão, não consta na relação de vias que serão alcançadas com a nova fase do programa de pavimentação da cidade. As ações priorizaram ruas com unidades de saúde e escolas; as que servem de ligação entre bairros e estão no itinerário do transporte coletivo; e, ainda, aquelas escolhidas pela população pelo 156 que fala Curitiba.

Registrou um flagrante? Mande para o WhatsApp do RIC Mais. Clique aqui e faça o portal com a gente!