Infraestrutura

Dois palcos e a mesma história: fórum e teatro mostram descaso com dinheiro público em Marechal

O prédio do antigo fórum da cidade já foi palco de dois crimes, um deles no começo deste ano

Aline
Aline Cristina / Repórter Cidade Alerta Oeste
Dois palcos e a mesma história: fórum e teatro mostram descaso com dinheiro público em Marechal
(Foto: Reprodução RICtv)

19 de janeiro de 2022 - 22:50 - Atualizado em 20 de janeiro de 2022 - 10:29

Vidro quebrado, partes incendiadas e lixo por todos os lados. O tribunal de grandes crimes, se transformou em um lugar sem lei. A segunda matéria da série, Raio X do Descaso, produzida pela equipe do Cidade Alerta Oeste, da RICtv, mostra as obras que “foram esquecidas” em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná. Na cidade, um prédio que era o tribunal de grandes crimes, se transformou em um lugar sem lei.

Até 2017, o antigo fórum do município era quase um local turístico. Um prédio de arquitetura invejável, em uma das principais praças, no centro da cidade, bem ao lado da prefeitura. Atualmente, é motivo de vergonha e medo para quem vive no município.

Desde que o novo fórum foi inaugurado, há quatro anos, o destino do antigo é uma incerteza. No início, o prédio, que era de responsabilidade do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, seria “emprestado” ao município, mas, na época, as condições impostas não foram aceitas pela prefeitura.

Com o passar dos anos, o local foi ocupado por andarilhos e usuários de drogas. Em 2018, uma pessoa foi assassinada no local. No começo deste ano, mais uma pessoa foi encontrada sem vida no prédio.

Em julho de 2021, o impasse do fórum parecia estar prestes a terminar. O prefeito, Marcio Rauber, anunciou nas redes sociais, a doação do local ao município.

Mas o tempo passou e os trâmites legais ainda não foram finalizados. De acordo com o secretário de administração, Anderson Loffi, o objetivo é que o local seja a nova Câmara de Vereadores. A reforma vai custar R$ 3 milhões

Dois palcos, a mesma história

Outro local que está abandonado, é o prédio do Teatro Municipal que foi inaugurado em 2016, e está bem longe de ser finalizado. São 12 anos de construção e quase 15 milhões de reais que saíram do bolso de quem ainda não pode usar o espaço.

A construção começou em 2009 e tem 3500 metros quadrados. Em 2015, parte da estrutura do telhado foi comprometida, por causa de um vendaval que atingiu a cidade, e precisou ser refeita. Além do espaço para espetáculos e apresentações, uma casa cultural também é prevista no projeto. 

De acordo com o secretário de planejamento, Alisson Ostjen, o projeto inicial já previa os 12 anos de construção, mas a obra vai atrasar e não há data prevista para inauguração.

Registrou um flagrante? Mande para o WhatsApp do RIC Mais. Clique aqui e faça o portal com a gente!