Futebol

Zezé Perrella deixa o comando do futebol do Cruzeiro; Clube já define substituto

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Zezé Perrella deixa o comando do futebol do Cruzeiro; Clube já define substituto

12 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 12 de dezembro de 2019 - 00:00

(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Zezé Perrella não faz mais parte da gestão de futebol do Cruzeiro. O desligamento ocorreu dois dias depois de o dirigente ter sido confirmado pelo clube na função e ter se licenciado do cargo de presidente do Conselho Deliberativo. Em entrevista coletiva realizada em sua residência, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira, Zezé admitiu que não esperava pela demissão e criticou o presidente Wagner Pires de Sá.

“Fiquei surpreso com a decisão, porque ele é um biruta de aeroporto. Cada hora ele fala uma coisa. Mas ele tem direito, pois foi eleito para isso. Inclusive, na reunião de ontem, eu sugeri ao presidente Wagner que renunciasse. Disse: ‘Eu não vou continuar no clube e vamos convocar eleições gerais no clube, inclusive para a presidência do Conselho. E você renuncia. A sua presença não é boa para o Cruzeiro’. Ele disse que não renunciaria e, junto a outras pessoas, me convenceram a ficar. Então, é algo inexplicável o que aconteceu ontem”, declarou.

Zezé Perrella ainda desaprovou a forma como ficou sabendo de seu desligamento do cargo. Segundo o dirigente, ele foi comunicado por meio de mensagem de celular. “Hoje, fui surpreendido pela maneira com que ele agiu de mandar uma mensagem. Eu acordei, vi a mensagem por telefone, vi que não era mais o gestor de futebol do Cruzeiro, não teve nem a consideração de conversar comigo. Liguei para ele agora a tarde e sugeri: ‘Wagner, renuncie você e sua diretoria. Dê esse presente ao Cruzeiro’”, acrescentou.

Também nesta quinta-feira, a Raposa já anunciou que Márcio Rodrigues ficará responsável pelo departamento de futebol do clube mineiro. Ele agora assume a Vice-Presidência Executiva de Futebol depois de já ter feito parte da gestão de Gilvan de Pinho Tavares.

Presidente do Cruzeiro por quatro mandatos, Zezé Perrella assumiu o departamento do futebol de forma emergencial, no fim da campanha do rebaixamento à Série B deste ano, após a saída de Itair Machado. No entanto, ele não conseguiu colocar a equipe nos trilhos no Brasileirão.