Futebol

Veiga critica análises superficiais sobre o estilo de jogo do Palmeiras

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de setembro de 2021 - 16:56 - Atualizado em 29 de setembro de 2021 - 17:00

O Palmeiras empatou por 1 a 1 com o Atlético-MG e garantiu vaga na final da Libertadores, depois de uma semana em que Abel Ferreira foi bastante criticado pela postura defensiva da equipe na primeira partida. Na visão de Raphael Veiga, as análises não consideram a estratégia por trás do modelo de jogo.

O meia do Verdão fez questão de destacar que o maior objetivo será sempre a vitória e o título, independentemente da plástica da performance do time.

“Às vezes, acho bem engraçado. A gente classifica para a semifinal, depois para a final, e muita gente fala que o Palmeiras deu sorte, que não jogou bem, que o outro time jogou melhor. O que vale é você vencer e passar de fase. Se para alguns é jogar mal, que a gente seja campeão jogando mal”, disse Veiga à ESPN.

“Isso é muito mais da estratégia, a gente tem que ter conhecimento de que tem equipes de muita qualidade do outro lado. O objetivo vai ser sempre passar de fase e ser campeão. Lógico, se puder jogar dando 20 chutes para o gol, não sei quantos passes, obviamente é melhor. Como meia, eu também prefiro. Mas sempre vou preferir ganhar”, completou.

Por fim, Veiga falou sobre como a formação tática não necessariamente está ligada à ofensividade, destacando que muitos criticam o Verdão sem embasamento.

“As pessoas vêm a escalação com três zagueiros e falam que hoje é totalmente defensivo. Mas, ao mesmo tempo, dá para a gente ser muito ofensivo com três zagueiros. Depende muito do momento do jogo. Tem coisas que não cabem a nós jogadores. Muitos entendem do que estão falando, mas muitos não entendem do que estão falando”, finalizou.

O Palmeiras terá pela frente na grande decisão da Libertadores o vencedor entre Flamengo e Barcelona-EQU. Na primeira partida, o Rubro-Negro venceu por 2 a 0, no Maracanã. O jogo de volta acontece nesta quarta-feira, às 21h30, no Equador. A final será disputada em Montevidéu, no Uruguai.